Soneto: A mulher da minha vida

Ela me embalou mil vezes nos braços, 
é quem inicia a minha vil história,
é quem estará sempre na memória,
é quem me prende sempre por mil laços…
É quem se orgulha mais por minha glória, 
é quem guardou os meus primeiros traços,
é quem sempre se importa com meus passos,
é quem mais reza por minha vitória…
Não há contraste em nosso amor 
e nem a rusga chula mais me priva
de ver a mulher forte e decidida
que não fugiu a luta no labor
e ela será pra sempre a minha diva,
minha mãe, a mulher da minha vida!
Autor: Tulio Rodrigues
Twitter: @PoetaTulio

Soneto: A mulher da minha vida

Ela me embalou mil vezes nos braços, 
é quem inicia a minha vil história,
é quem estará sempre na memória,
é quem me prende sempre por mil laços…
É quem se orgulha mais por minha glória, 
é quem guardou os meus primeiros traços,
é quem sempre se importa com meus passos,
é quem mais reza por minha vitória…
Não há contraste em nosso amor 
e nem a rusga chula mais me priva
de ver a mulher forte e decidida
que não fugiu a luta no labor
e ela será pra sempre a minha diva,
minha mãe, a mulher da minha vida!
Autor: Tulio Rodrigues
Twitter: @PoetaTulio

Soneto – Oscar – Homenagem a Niemeyer

A poesia tem formas mais diversas
de ser feita, moldada e esculpida!
Por vezes pode traduzir a vida
em cores, curvas, prosas e conversas!

A poesia que vem e nos convida
é tão linda e parecem taças persas,
antigas formas raras e submersas
que Oscar traça, desenha… Enfim, lapida!

Oscar, ateu, poeta, comunista,
gênio de sentimento propagado
por traços nobres, traço traçado

com esmero tão puro de um flautista!
Quero aqui registrar meu obrigado
Niemeyer, o eterno centenário artista!

Tulio Rodrigues

Twitter: @PoetaTulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com

Soneto – Oscar – Homenagem a Niemeyer

A poesia tem formas mais diversas
de ser feita, moldada e esculpida!
Por vezes pode traduzir a vida
em cores, curvas, prosas e conversas!

A poesia que vem e nos convida
é tão linda e parecem taças persas,
antigas formas raras e submersas
que Oscar traça, desenha… Enfim, lapida!

Oscar, ateu, poeta, comunista,
gênio de sentimento propagado
por traços nobres, traço traçado

com esmero tão puro de um flautista!
Quero aqui registrar meu obrigado
Niemeyer, o eterno centenário artista!

Tulio Rodrigues

Twitter: @PoetaTulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com

TulioCast11 – Vinícius de Moraes e Jorge Luiz Vargas

O TulioCast é um programa de Poesia e música. Terá sempre como grande homenageado um poeta clássico e poetas contemporâneos. A ideia é de no futuro ter a cada Podcast um tema. O TulioCast é um pequeno programa de poesia divido em três blocos. A cada intervalo entre um bloco e outro será sempre com música da melhor qualidade. Venha conferir!
Para ouvir o TulioCast11:

No programa de hoje: 
Poeta homenageado: 
Vinícius de Moraes 
Poeta contemporâneo homenageado: 
Jorge Luiz Vargas 
Primeiro bloco: 
Poesias: 
Infortúnio: Tulio Rodrigues 
Aprendiz de poeta: Jorge Luiz Vargas 
Vida: Tulio Rodrigues e Mario Roberto Guimarães 
O dia da criação: Vinícius de Moraes 
Poema dos olhos da amada: Vinícius de Moraes 
Depoimento de Carlos Drummond de Andrade 
Músicas: 
Canto de Ossanha: Vinícius de Moraes e Baden Powell 
Samba da benção: Vinícius de Moraes 
Segundo bloco: 
Poesias: 
Te querer: Tulio Rodrigues 
Seus olhos: Jorge Luiz Vargas 
A mulher da minha vida: Tulio Rodrigues 
Soneto de separação: Vinícius de Moraes e Tom Jobim 
Para viver um grande amor: Vinícius de Moraes e Toquinho 
Depoimento de Chico Buarque 
Músicas: 
As razões do coração: Vinícius de Moraes 
Chega de saudade: Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Miúcha e Toquinho 
Terceiro bloco: 
Poesias: 
Soneto aos teus olhos: Tulio Rodrigues 
Amar tanto assim: Jorge Luiz Vargas 
O beijo melhor da minha vida: Tulio Rodrigues 
Pedro, meu filho (Trecho): Vinícius de Moraes 
A brusca poesia da mulher amada: Vinícius de Moraes 
O haver: Vinícius de Moraes e Edu Lobo 
Depoimento de Tom Jobim 
Músicas: 
Berimbau: Vinícius de Moraes 
Lamento no morro/Monólogo de Orfeu/Poética I: Maria Bethânia

Twitter: @PoetaTulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com

TulioCast11 – Vinícius de Moraes e Jorge Luiz Vargas

O TulioCast é um programa de Poesia e música. Terá sempre como grande homenageado um poeta clássico e poetas contemporâneos. A ideia é de no futuro ter a cada Podcast um tema. O TulioCast é um pequeno programa de poesia divido em três blocos. A cada intervalo entre um bloco e outro será sempre com música da melhor qualidade. Venha conferir!
Para ouvir o TulioCast11:

No programa de hoje: 
Poeta homenageado: 
Vinícius de Moraes 
Poeta contemporâneo homenageado: 
Jorge Luiz Vargas 
Primeiro bloco: 
Poesias: 
Infortúnio: Tulio Rodrigues 
Aprendiz de poeta: Jorge Luiz Vargas 
Vida: Tulio Rodrigues e Mario Roberto Guimarães 
O dia da criação: Vinícius de Moraes 
Poema dos olhos da amada: Vinícius de Moraes 
Depoimento de Carlos Drummond de Andrade 
Músicas: 
Canto de Ossanha: Vinícius de Moraes e Baden Powell 
Samba da benção: Vinícius de Moraes 
Segundo bloco: 
Poesias: 
Te querer: Tulio Rodrigues 
Seus olhos: Jorge Luiz Vargas 
A mulher da minha vida: Tulio Rodrigues 
Soneto de separação: Vinícius de Moraes e Tom Jobim 
Para viver um grande amor: Vinícius de Moraes e Toquinho 
Depoimento de Chico Buarque 
Músicas: 
As razões do coração: Vinícius de Moraes 
Chega de saudade: Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Miúcha e Toquinho 
Terceiro bloco: 
Poesias: 
Soneto aos teus olhos: Tulio Rodrigues 
Amar tanto assim: Jorge Luiz Vargas 
O beijo melhor da minha vida: Tulio Rodrigues 
Pedro, meu filho (Trecho): Vinícius de Moraes 
A brusca poesia da mulher amada: Vinícius de Moraes 
O haver: Vinícius de Moraes e Edu Lobo 
Depoimento de Tom Jobim 
Músicas: 
Berimbau: Vinícius de Moraes 
Lamento no morro/Monólogo de Orfeu/Poética I: Maria Bethânia

Twitter: @PoetaTulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com