Poesia: Mudo

Escrevo sob a luz de velaa minha mais triste poesia.Murchou a minha flor amarelaQue não brota a luz do dia. Às lágrima está a minha alma,penso, penso e repenso,mas não consigo a calma,e já não sei mais o que penso.Fugiu-me o amor, o encantamentoe toda força que me fazia lutar.Hoje é fato o meu lamentoe […]

Poesia: Mudo

Escrevo sob a luz de velaa minha mais triste poesia.Murchou a minha flor amarelaQue não brota a luz do dia. Às lágrima está a minha alma,penso, penso e repenso,mas não consigo a calma,e já não sei mais o que penso.Fugiu-me o amor, o encantamentoe toda força que me fazia lutar.Hoje é fato o meu lamentoe […]

1